• Trendy 4u

O Dia em Que Salvatore Loi Fez um Prato Especialmente Pra Mim

Estava um belo dia, a cerca de 1 mês atrás, passeando pelo Instagram quando me deparei com uma foto tão linda que parei para ler do que se tratava.


Era a foto de um prato que eu amo, que eu sei fazer em casa, porém como estou sem comer carne vermelha não como esse prato há tempos. É o famoso mundialmente Beef Wellington!!!


Quando me dei ao trabalho de ler toda a legenda fiquei feliz e com água na boca por saber que se tratava de um prato que em breve entrará para o cardápio do restaurante Mondo: O PATO WELLINGTON.


Minha paixão por esse prato começou com o Chef Gordon Ramsay que, em um reality show de culinária que apresentava, sempre fazia, ensinava ou pedia aos participantes que o fizessem.

Realizei o sonho de experimentar o prato de Gordon em um de seus restaurantes em Los Angeles e, para falar a verdade, minhas expectativas estavam altas demais, pois não achei maravilhoso.


A origem desse prato é inglesa mas existem controvérsias em relação ao nome dele.


Pois bem, a foto que curti e comentei no Instagram é do perfil do Chef Salvatore Loi!!

Salvatore Loi, nasceu na cidade de Tempio Pausania na SardenhaItália no ano de 1962. Destaca-se como um dos mais renomados Chefs mundiais atuando na cena gastronômica de São Paulo.

Formado em hotelaria pela escola profissional da Sardegna, Salvatore começou sua carreira na gastronomia em Milão e trabalhou em vários hotéis e restaurantes da Europa como o Hotel Palace de Milão, Vila D'Este (Como), Hotel Maurice (Paris) e também em Porto CervoSevilha, Espanha, no Hotel Alfonso XIII.


Esteve a frente do Grupo Fasano por 13 anos (entre 1999 e 2012), como Chef executivo das operações de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Punta del Leste). Em seguida, foi sócio do Grupo Egeu onde liderou as casas Girarrosto e Mozza. Atualmente, o Chef atua no Mondo, Moma e Moma Mia.


Loi destaca-se na criação de pratos autorais e inovadores, sendo eleito chef do ano pela revista Veja em 2001 e 2004, revista Gula em 2002 e também pelo Guia 4 rodas, porém, sua maior premiação até o momento foi pela The Worlds 50 Best Restaurant Award como o melhor restaurante italiano da América Latina.

Voltando ao post de Salvatore que curti e comentei...


Tenho o prazer de conhecer a esposa de Loi, um doce de pessoa e a marquei nos comentários dessa foto do Pato Wellington.


Pois bem, o que sucedeu-se em seguida foi inesperado. A esposa do Loi, falou com ele que disse que apesar de o prato ainda não fazer parte do cardápio, ele faria especialmente para mim, era só escolher a data e fazer a reserva no Mondo.


Morri!!!! Marquei para uma das quartas feiras mais geladas que tivemos em São Paulo agora no mês de agosto. Convidei 2 amigos que são influencers de gastronomia e tem instas maravilhosos de dicas de lugares e comidas incríveis.


Chegamos pontualmente, o restaurante estava cheio, chamei o gerente que já estava sabendo que eu iria e perguntou se gostávamos de pato.


Pedimos uma entrada incrível da qual experimentei a massa já que não estou comendo carne vermelha. A massa estava divina, e meus companheiros de mesa amaram o steak com pistache.

Depois da entradinha, ficamos aguardando o tão esperado pato. Eu estava sentada em um local estratégico de onde enxergava bem a cozinha e a finalização dos pratos.


Durante essa espera recebemos um mimo do Loi, o famoso gnocchi recheado de ossobuco e outro recheado de queijo. De se suspirar a cada garfada, lembrando que não pude experimentar o recheado de ossobuco.

E então, depois do puro deleite com o gnocchi, veio a mesa uma verdadeira obra de arte, digno de muitas fotos e de me sentir muito privilegiada pelo fato de um chef tão maravilhoso e reconhecido fez especialmente para mim e meus amigos da mesa.


Então começou a brincadeira de tentar decifrar os acompanhamentos além do óbvio, maravilhoso e tenro aspargo no centro do prato.


Uvas, um retângulo vermelho que parecia um corte de goiabada, mas meu paladar identificou morangos, cores lindas e quentes perfeitas para o dia gelado que estava.


Adoro carnes mais fortes e de caça, pato, cordeiro e javali são minhas preferidas e ver um prato de carne de vaca adaptado com uma dessas delícias foi demais.


Para o meu gosto, a massa que envolvia o pato poderia ter menos sal. O pato em si, o molho, as uvas, o aspargo, tudo estava delicioso.


Sem comer doce nenhum, não pude saborear a sobremesa pedida na mesa, o limão siciliano. O filme e a foto falarão por si só, observem:


De tudo que significa um jantar fora de casa, essa noite, com certeza foi especial. Um super chef fazendo um prato especialmente para mim, um prato que nem no cardápio está.


Conversar com 2 pessoas interessantes e gente finíssima sobre restaurantes, dicas e alguns babados do cenário da gastronomia.


Excelente ambiente, vinho e comida...


É um dos meus maiores prazeres da vida.


Chef Salvatore, obrigada pela generosidade desta noite, serei grata eternamente.


Mondo Gastronômico

Rua Oscar Freire 30

Reservas: 93229-7676 ou pelo The Fork : www.thefork.com.br e tem aplicativo também.


Instas:

https://instagram.com/marimallemont?igshid=ecad1xeutvwu

https://instagram.com/chef_loisalvatoreoficial_?igshid=1hxyg5dysusdp

https://instagram.com/mondogastronomicooficial?igshid=13zftikmh7fe2

https://instagram.com/t.aqui?igshid=1gns50pqc6xti

Dani Mollo

#TRENDY4U #TRENDY #DANIMOLLO #salvatoreloi #mondogastronomico #gastronomia #oscarfreire #patowellington

39 visualizações
  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro