• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

Nutrição no Futebol Profissional

Atualizado: 10 de Set de 2019



O que os jogadores comem antes de um jogo pelo campeonato brasileiro?


E depois? O que é preciso repor?


Posso afirmar que isso não é tão diferente pelos países onde joguei (Brasil, Espanha e Inglaterra).


Os clubes hoje em dia contam com profissionais da nutrição em sua comissão técnica.


Para uma alimentação pré-jogo, sendo almoço ou janta, o importante é acumular "energia para gasta-la dentro de campo.


Nos 3 países a base é a mesma: algum tipo de pasta, macarrão - lasanha - pizza, frango e carne.


O mais importante aqui é respeitar e entender as vontades dos jogadores. Fornecer-lhes também o que lhes traz prazer em comer.


Hoje em dia com tantos planos de dietas, regimes e programas de emagrecimento, alguns "detalhes" tem sido deixado de lado, como por exemplo o entendimento do próprio corpo e suas necessidades, pois somos diferentes e o mesmo plano de alimentação não pode ser aplicado para varias pessoas.


Outro desses "detalhes" é o prazer em comer. Todos gostamos de comidas gordurosas e com açúcar. E sabemos como alguns desses alimentos nos faz feliz e satisfeito.


Mesmo no futebol é compreensível que em algum momento um atleta coma uma gostosa feijoada ou vá em alguma lanchonete de fast-food. Mas comer isso antes de um jogo não.


Voltando a refeição antes do jogo.... aqui no Brasil temos salada, o arroz, feijão, pasta, carne, frango e de sobremesa frutas e o popular pudim. Normalmente essa refeição é feita quatro ou três horas e meia antes do inicio do jogo.


Em noventa minutos de futebol, um jogador corre de 9 a 12km.


E não é só correr! O esforço total de um jogo exige piques de velocidade, dribles, saltos, chutes e muito mais. Como resultado, eles atingem um gasto calórico de 1600 a 2200 calorias.


Tem atleta que perde de 2 a 3kg em um jogo. Eu já cheguei a perder 4kg em um jogo no Maracanã, no mês de Janeiro, as 16h. Calor.


E como repor tudo isso? E quando?


Já no vestiário, alguns times deixam pronto um jantar aos atletas.


Dado a sequencia de jogos, domingo, quarta, domingo, é preciso agir rapidamente para preparar os jogadores para o próximo compromisso.


E aí o principal é repor, principalmente com líquidos e carboidratos. Muita agua, sucos e a como comida tem até a popular pizza, que é o prato numero um na preferência dos atletas.


Ao final, hoje em dia, a alimentação sim faz parte na busca de uma melhor performance do atleta profissional do futebol em qualquer parte do mundo.



JULIANO BELLETTI

Pentacampeão do Mundo 2002

Palestras - ArenaBelletti - BellettiSports

#TRENDY #NUTRI #GIONUTRI #NUTRICIONISTA

12 visualizações