• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

Evento na Twenty Four Seven: bate papo informal na área da nutrição



Semana passada tive a honra de palestrar para mais de 50 mulheres em um bate papo informal de nutrição, onde pude passar um  pouquinho do meu trabalho e experiência profissional na área da saúde.  Os meus agradecimentos vai para a minha amiga e parceira Camila Karrer Sahyon, a loja Twenty Four Serven e as minhas sócias do Trendy4u.


Segue um pouquinho do assunto que foi abordado nesse dia!


Assim como uma máquina, o corpo humano precisa de suas "engrenagens" trabalhando corretamente para ter um bom resultado. Os nutrientes encontrados nos alimentos são os grandes responsáveis por esse funcionamento. Cada um deles age com maior eficácia em determinadas áreas, como coração, fígado, rins, pele e até no cérebro. Alguns ingredientes contribuem para estimular hormônios e proteínas, outros dão firmeza, melhoram o funcionamento do organismo e evitam a degeneração das células. “A evolução da alimentação está intimamente ligada à evolução da espécie. Nos últimos cem anos, estamos sofrendo uma mudança muito grande, que está levando as pessoas a ficarem cada vez mais doentes”.

Os alimentos certos para cada parte do corpo

Farelo de aveia Bom para o coração - contém minerais, como cálcio, magnésio, potássio, fósforo e vitaminas do complexo B. Também é rico em fibra solúvel, ajuda a reduzir os níveis de colesterol e de açúcar no sangue, protege o organismo contra a formação de coágulos.


Chocolate amargo Bom para o coração - quando consumido com moderação (cerca de 25 gramas por dia), o chocolate amargo contribui para reduzir a pressão arterial e o risco de placas de gorduras nos vasos sanguíneos.


Sardinha Bom para o coração - assim como o salmão, é um peixe rico em ômega 3, um tipo de gordura boa para reduzir a formação de coágulos. Também contribui para aumentar os níveis de colesterol bom (HDL) e evitar o acúmulo de gordura nos vasos sanguíneos. Frutas cítricas Bom para o coração - são fontes de vitamina C e de fibras solúveis e insolúveis que trabalham na prevenção de doenças do coração, colesterol alto e obesidade. Laranja, mexerica, limão e lima da Pérsia são exemplos de frutas cítricas. Abacate Bom para pele, unhas e cabelo - rico em ômega 9, gordura que desinflama a pele e dá brilho e vida a cabelos e unhas. Se consumido a noite, é capaz de estimular o GH, hormônio que em adultos aumenta a massa muscular. A recomendação é de um abacate por semana. Cavalinha Bom para pele, unhas e cabelo - ótima fonte de silício, nutriente importante para a formação de colágeno, que dá firmeza e sustentação a pele e as unhas. Pode ser consumido na forma de chá pela manhã ou no final do dia. Romã Bom para pele, unhas e cabelo - é rica em ácido elágico, que tem propriedades antibacterianas e anticancerígenas.


Farinha de uva Bom para pele, unhas e cabelo - aumenta a captação de vitamina C dentro das células da pele impedindo a destruição do colágeno e prevenindo o envelhecimento. Chia Bom para pele, unhas e cabelo - apesar de ser um alimento de origem vegetal, é excelente fonte de proteína de boa qualidade, capaz de estimular a queratina, principal proteína formadora dos fios do cabelo. A recomendação são duas colheres de sobremesa por dia com frutas ou suco. Ostras Bom para o cérebro - são fontes de ômega 3, que funciona como uma espécie de matéria-prima para o desenvolvimento das células cerebrais. Além disso, as ostras possuem zinco, que atua na atividade dos neurônios, na memória e na concentração. Oleaginosas

Bom para o cérebro - sementes oleaginosas, como a castanha-do-pará, as nozes e as avelãs, oferecem boas quantidades de ferro, manganês e vitamina E. Outro mineral importante é o selênio, que ajuda no bom funcionamento cerebral e na transmissão de mensagens entre os neurônios.


Folhas verdes-escuras Bom para o cérebro - Uma pesquisa feita nos Estados Unidos concluiu que consumir uma porção diária de folhas escuras, como couve, rúcula e espinafre, pode rejuvenescer o cérebro. O estudo foi feito a partir da observação da dieta de mais de 900 idosos durante dez anos. Os que comiam os vegetais verdes-escuros com mais frequência tiveram um declínio mental apenas dez anos depois de dos que não consumiam esses alimentos. Azeite de oliva Bom para o cérebro - além de blindar o coração, o azeite de oliva ajuda a reduzir a degeneração do cérebro. Os antioxidantes combatem os radicais livres que prejudicam a atividade cerebral. Frutas vermelhas Bom para os rins - amoras, mirtilos, framboesas e morango são frutas com grande quantidade de antioxidantes, além de possuir algumas propriedades que ajudam a reduzir a inflamação e ajudar o funcionamento da bexiga. Chia e linhaça Bom para os rins - também ricas em ômega 3, a chia e a linhaça contribuem para o equilíbrio da ação dos hormônios do corpo, principalmente aqueles que controlam a parte hídrica do organismo. Melancia Bom para os rins - a fruta tem mais de 90% de água em sua composição, o que faz dela uma poderosa aliada para manter o corpo hidratado. Também estimula os rins e evita a retenção urinária. Outros alimentos, como o melão e o pepino, também ajudam a manter a hidratação. Couve Bom para os rins - por conta da vitamina C e do enxofre, o consumo de couve ajuda a eliminar toxinas e ácido úrico, substâncias prejudiciais ao bom funcionamento dos rins. Abacaxi Bom para o fígado - A bromelina é uma enzima presente na fruta que auxilia na digestão de alimentos ricos em proteínas, como carnes e aves. Além disso, o abacaxi contribui para desobstruir o excesso de gorduras e toxinas acumuladas no fígado. Água Bom para o fígado - A água é o principal impulsionador para o funcionamento do fígado. É ela que ajuda o órgão a eliminar as toxinas. A dica é consumir dois litros por dia e, ao ingerir bebida alcoólica, intercalar com goles d'água. Gengibre Bom para o fígado - Além de filtrar as toxinas, o fígado é o responsável por produzir o suco biliar, que atua na digestão de gorduras. Os nutrientes que estão no gengibre auxiliam na secreção da bile. Peixes Bom para o fígado - Consumir peixes, principalmente grelhados, ajuda a proteger o fígado contra o excesso de gordura. Tudo isso por causa de seu alto índice de gorduras poli-insaturadas, principalmente o ômega 3.


Giovanna Giacomini

#TRENDY #NUTRI #GIONUTRI #NUTRICIONISTA

39 visualizações