• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

Escolhendo um vinho sozinha



Final de semana está chegando e reunir os amigos com uma bela taça de vinho é uma boa ideia.


A tarefa de escolher um vinho sozinha deixa muita gente desconcertada. E eu vou contar um segredo: tudo é um exercício de braço. Ou seja, você pega a sua taça e com o braço a levanta e bebe. A piadinha é velha conhecida aqui na Borgonha entre os mais velhos e os mais novos. Mas ela não deixa de ser uma verdade, porque para conhecer vinhos temos que provar e provar. É como comida, música ou roupas.


As minhas sugestões para quem quer saber escolher garrafas de vinhos sozinha são simples.

Uma delas é experimentar os dois tipos de vinhos mais comuns: o branco e tinto. Eu pessoalmente prefiro vinhos brancos, mas não deixo de beber e degustar os vinhos tintos.


A partir daí sugiro experimentar vinhos que tenham sido feitos da mesma casta, 100% do mesmo tipo de uva, ou seja, vinhos de monocépages como diriam os meus amigos franceses. Assim, ficará mais fácil para você treinar o seu paladar e saber dizer qual uva você prefere. Num restaurante por exemplo, você que já provou alguns vinhos 100% Gamay e gostou, pode pedir ao sommelier da casa para lhe recomendar um vinho Gamay.


Para isso acontecer sugiro que você treine em casa. Vá até uma adega mais próxima da sua casa ou uma loja online, e escolha 2 garrafas de países diferentes, de uvas diferentes, mas que tenham sido 100% feitas da mesma uva. Ou seja, uma garrafa de vinho tinto 100% Pinot Noir da França e outra garrafa de vinho tinto 100% feito da uva Syrah dos Estados Unidos. Peça ajuda ao vendedor para encontrar as informações no rótulo, caso sinta dificuldade.


E num dia em que você não tenha comido nada apimentado ou pesado demais, como por exemplo uma feijoada, você abre as duas garrafas e as degusta. Veja qual vinho te agradou mais e pergunte-se o por quê. Tente desvendar o que te agradou mais em cada vinho. Se quiser anote e tire fotos das etiquetas para não esquecer.


E na próxima vez, compre as mesmas uvas. Mas de vinícolas ou países diferentes para comparar. Assim apenas com dois tipos de uvas e 4 países ou 4 produtores diferentes você já saberá muitos detalhes do seu paladar e isso ajudará a escolher seus vinhos com mais confiança no futuro.


Posso dar um empurrãozinho? Comece o treino com uma garrafa de vinho branco 100% Chardonnay e uma de vinho tinto 100% Pinot Noir, ambos da Borgonha. Ou 2 vinhos tintos como, 100% Pinot Noir e 100% Gamay da Borgonha. E depois conta para a gente como foi nos comentários abaixo ou no instagram da Trendy4You! Nós vamos ler com taças de vinhos na mão.


Eu sou a Juliana Lins Cruz, moro na Borgonha que é a região que produz os melhores vinhos tintos e vinhos brancos do mundo. Sou dona da empresa Vem Pra Borgonha e acompanho e promovo experiências eno-gastronômicas para brasileiros e americanos.


E não esqueça, Vem Pra Borgonha!


Juliana.

www.vempraborgonha.com.br

Instagram @vempraborgonha


#TRENDY #VEMPRABORGONHA #BORGONHA

73 visualizações