• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

Bonjour!

Ahh, como é lindo acordar e dizer “bonjour” às pessoas! Essa palavra tem poder, tanto que virou livro!


Depois 4 anos morando no interior da França aqui na Borgonha, eu adquiri hábitos locais que os meus turistas depois de uma hora comigo já notam.


São hábitos simples que realmente mudaram o meu estilo de vida e que eu penso que você pode incorporar no seu dia a dia.


Vamos lá!


Primeiro hábito é viver uma vida mais lenta. Da frenética São Paulo para a pacata Borgonha é uma mudança e tanto. Eu nunca fui agitada ou estressada para fazer mil coisas, mas confesso que aqui eu tomo mais tempo para tudo e minha saúde agradece. Nunca mais tive doenças de stress ou não tive tempo para fazer algo. Tudo aqui tem seu ritmo e as pessoas respeitam os horários de cada um.


Outro hábito é dizer bonjour a todos. Em qualquer interação o francês sempre começa com um “bonjour". É a palavrinha mágica que sem ela você não é nem atendida em lugar algum. E sempre ela deve ser seguida de um obrigada “merci".


Comer queijos sem ser durante um jantarzinho especial de queijos e vinhos. Queijo aqui faz parte da dieta diária e mesmo sendo intolerante à lactose, eu consigo achar os queijos certos e aproveitar pelo menos umas 3 vezes por semana de um lindo prato de queijos e embutidos.


Fazer caminhadas pela cidade. Esse hábito simples é um pequeno prazer que eu não tinha contato. Em São Paulo eu ia ao parque caminhar com a minha cadela, mas era mais para ela do que para mim. Aqui eu caminho pelas ruas da cidade de Beaune admirando a linda arquitetura medieval e também caminho entre as vinhas de Pinot Noir e Chardonnay. Essa uma das minhas partes prediletas de morar na Borgonha.


Tomar um aperitivo antes das refeições. Entendam como aperitivo uma taça de vinho branco ou uma cerveja ou um Champagne. Faz bem pra alma. Aconselho!


Cozinhar comidas com legumes da estação e locais. Eu evito comprar produtos que não sejam daqui ou que sejam fora de época por dois simples motivos. Para evitar o consumo desenfreado gerando mais poluição (frutas que vêm de outros países usam muito avião ou navio que poluem durante o transporte) e para dar apoio aos agricultores e pecuaristas locais. É algo bem francês e que está cada vez mais comum nas casas e mentes das pessoas.

Saber e respeitar a história local. Esse hábito faz parte do meu trabalho e também de quem eu sempre fui, mas o francês em sua maioria sabe sua história e não a esquece.


Comer salada com queijos, bacons e muito molho a base de creme. Na minha opinião eu nem considero uma salada.


Comer docinhos lindos e gostosos como se fosse algo cotidiano. Como eu adoro essa parte!


Usar saia com bota e meia-calça durante 9 meses do ano mesmo com -2 graus marcando no termômetro.


E o melhor de todos, degustar vinhos na vinícola toda semana. Melhor parte da minha semana, melhor parte de morar na Borgonha!


E vocês? Conseguiram incorporar esses hábitos franceses no seu cotidiano? Escrevam nos comentários e compartilhem o post.


À bientôt!

Juliana.


#TRENDY

27 visualizações