• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

A Mansão de Gianni Versace: The Villa Casa Casuarina em Miami Beach



Lembro da comoção que o assassinato de Gianni Versace provocou a nível mundial no verão de 1997.

E nesta viagem que fiz a Miami fiquei ainda mais curiosa para conhecer a mansão pois assisti e adorei a série da Netflix que retrata o assassinato de Gianni, sua vida familiar, o histórico do assassino Andrew Cunanan e mostra toda a mansão.

A série foi campeã do Globo de Ouro e recomendo assistir: American Crime Story – The Assassination of Gianni Versace.

A Casa Casuarina foi construída em 1930 por Alden Freeman. O pai de Alden Freeman, Joel Freeman foi tesoureiro do Standard Oil Trust (também conhecido como Rockefeller’s Company) e deixou Alden com uma riqueza fabulosa quando faleceu.

Isso deu ao jovem e rico Alden a oportunidade de se aposentar aos 27 anos de ser arquiteto e viajar pelo mundo todo. Alden também era um descendente do Mayflower do lado de sua mãe e sentia um laço muito forte com a história.

Em 1992, enquanto estava de férias com sua família em Miami Beach, Versace deu um passeio pela Ocean Drive e foi imediatamente atraído para a casa pela estátua de "Ajoelhamento Afrodite" e se apaixonou pela arquitetura espanhola única da propriedade. Obcecada pela mitologia grega e romana, Versace comprou a casa original construída por Freeman por US $ 2,95 milhões e o lote ao lado, um antigo hotel de estilo art déco chamado Hotel Revere.

Embora este bairro tenha sido colocado no Registro Nacional de Lugares Históricos em 1979 e apesar da forte oposição da Liga de Preservação de Design de Miami, Versace comprou o Revere Hotel ao lado por US $ 3,7 milhões. A Versace investiu mais US $ 32 milhões em reformas nas quais acrescentou a ala sul, a piscina e o jardim e transformou os 24 apartamentos em 10 suítes amplas na casa original e mais 2 novas suítes na ala sul. Ele também removeu o poço do elevador no pátio, substituiu a fonte e reconstruiu o observatório, incluindo uma nova cúpula de cobre. Versace planejara comprar o terreno então vazio ao lado do norte, a fim de colocar um segundo jardim, mas quando sua morte interveio, tornou-se parte do Victor Hotel.



As reformas levaram quase 3 anos para serem concluídas e em 15 de julho de 1997, apenas 5 anos após a compra da casa, Versace foi morto nos degraus da frente da casa em sua costumeira caminhada matinal do News Cafe. Além de Gianni Versace, a casa também foi usada por seus muitos amigos próximos e familiares. O quarto do seu irmão Santo é agora chamado de sala de Vênus, o quarto de sua irmã, Donatella, é a suíte Signature. Alguns conteúdos de quando Versace morou aqui foram leiloados em Nova York em abril de 2001 por um valor estimado de US $ 28 milhões. O que ainda resta aqui da era Versace são as paredes ricamente decoradas, pisos, tetos e janelas, bem como a piscina, jardim e toda a ala sul. A casa ficou vazia por cerca de três anos e, em setembro de 2000, Donatella finalmente vendeu a propriedade para Peter Loftin, um magnata de telecomunicações de Raleigh, N.C., por US $ 19 milhões. Loftin usou esta casa como uma residência privada, bem como um hotel, clube de associação e eventos privados de 2001 até o final de 2009.

A mansão foi então vendida por ele em 2013 para a empresa Jordache Enterprises, em um negócio de US$ 41,5 milhões.

Os novos donos resolveram pegar carona na fama do estilista italiano e a transformaram a casa em um hotel boutique com dez apartamentos livremente inspirados nas histórias que ele viveu por lá.



Os hóspedes podem ficar no quarto em que o próprio criador Gianni dormia ou na suíte que a irmã dele, a hoje diretora criativa da Versace Donatella Versace, se hospedava. Um outro aposento, tão imponente quanto os outros, chama ainda mais atenção: era nele que Madonna ficava quando o visitava.

As diárias giram em torno de US$ 1 mil, mas é possível fazer algo mais simples, como reservar uma mesa no restaurante Gianni’s ou no Onyx Bar, clube intimista que serve aperitivos e foi construído no local onde ficava a cozinha do estilista. O bar serve também como uma área de espera para o restaurante.


Nesse caso dá até para dar uma voltinha pelo jardim em mosaico decorado com figuras mitológicas, como a Medusa que Versace tanto amava e que se tornou a logomarca da maison.



Quando estive por lá, alguns hóspedes estavam à beira da piscina enquanto a poucos metros haviam vários comensais degustando as maravilhas do chef italiano recém chegado ao restaurante, o Valter Mancini.


E foi exatamente o que eu fiz. Antes mesmo de ir a Miami reservei através do aplicativo Opentable uma mesa no Gianni’s, restaurante aberto em 2015.

Fiz muita pesquisa, li de tudo na internet, desde que era uma armadilha para pegar turista até gente dizendo que amou e que odiou. Enfim, estava tão curiosa por causa da série do Netflix que fui tirar minhas próprias conclusões. Afinal, uma experiência pode ser maravilhosa para alguém e horrorosa para outra pessoa.

Alguma das críticas que havia lido dizia que, mesmo com reserva você pode esperar até meia hora para sentar, e... não deu outra. Mesmo com reserva e minha chegada pontual, esperei meia hora pela mesa.

Não achei ruim pois enquanto esperei, dei uma volta pela mansão, bar, piscina, banheiros e me encantei demais com o que vi. Foi inevitável não imaginar Gianni por ali e pensar como o destino nos prega surpresas, no caso dele, nada boas.

O restaurante estava completamente lotado, e a espera também! Existem várias possibilidades de mesas, mas não pude escolher exatamente onde ficaria na hora da reserva.


Chegou minha hora de sentar a mesa, em um ambiente de tirar o fôlego, a parede toda de pedrinhas, mosaicos, desenhos, pinturas maravilhosas, lustres incríveis.


O atendimento foi espetacular, os pratos lindos de se olhar e saborosíssimos ao paladar. Destaque para o ravioli.


Existe na mansão também uma outra experiência sensacional: Sushi By Bou Versace Mansion, não tão fácil de conseguir reserva, mas uma experiência intimista chamada OMAKASE e uma taxa precisa ser paga antecipadamente.


Eventos fechados podem ser realizados por lá também que, segundo o site, para um grupo de mais de 40 convidados existem orçamentos a partir de 79 dólares por pessoa.

Fiquei realmente tocada durante as horas que passei por lá. Rezei por Gianni, imaginei cenas de sua vida cotidiana naquele lugar tão lindo, me senti privilegiada por estar lá e torcendo para que ele, estando onde estiver, que esteja feliz em ver que um lugar que amou a primeira vista, reformou ao seu gosto, morou por anos e pelas mãos do destino combinadas a loucura de seu algoz Andrew acabou perdendo a vida, receba tantas pessoas por lá, comemorando a vida e relembrando ele a todo momento.


www.vmmiamibeach.com

www.glamurama.uol.com.br

Dani Mollo

#TRENDY4U #TRENDY #DANIMOLLO #miami #gianniversace #miamibeach #versace #versacemansion #netflix #giannis #restaurant #bestplace #experience #gastronomia #estadosunidos #casacasuarina #villacasacasuarina #usa #valtermancinichef

18 visualizações