• Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle

Orgulhosamente criado por Paula Castro

  • Trendy 4u

Ovo de Páscoa, amá-lo sempre!



Semana passada falei sobre o ovo e algumas preparações, mas hoje vou falar dos melhores dos ovos que existe? OVO DE PÁSCOA!! Com direito a receita no final da matéria de como preparar o seu próprio ovo de Páscoa em casa.


Aliás, chocolate não tem igual, é seu companheiro nos dias ruins e merecido nos dias bons. De qualquer forma ou textura o chocolate é nosso amigo mais delicioso, cheiroso e saboroso.

Vocês sabiam que tem origem nas regiões tropicais da América Central e do Sul. Segundo uma lenda asteca, Quetzalcoatl, Deus da Lua, roubou da terra, uma árvore de cacau para presentear seus amigos homens com uma delícia dos deuses. E que presente hein? Viciante.


Na época do descobrimento das Américas, os indígenas produziam uma bebida escura feita com as sementes do cacau fermentada batizada de tchocolath (tchocol, de amargo, e ath, de água).

O líquido foi levado à Europa que ficaram intrigados com o liquido escuro que os nativos bebiam e ofereciam aos deuses, porque dava a eles um vigor impressionante. Uma taça da tal bebida permite aos homens caminhar um dia inteiro sem a necessidade de outros alimentos, dizia-se.

Mas como esse líquido escuro, presente dos Deuses se transformou no formato de OVO como símbolo religioso da Páscoa?


Apesar das muitas teorias em torno da origem dessa tradição, o ovo representa a fertilidade desde o princípio dos tempos. Em diversas culturas e civilizações, como a grega, a persa e a chinesa, significa a primavera e o próprio mundo. Uma das histórias mais populares sobre a inclusão dos ovos durante a celebração da Páscoa tem origem na Idade Média, quando o Papa Júlio III proibiu o consumo de ovos durante a quaresma que terminava no domingo pascoal. A proibição, resultado do acúmulo de grandes quantidades de ovos não consumidos pela população. Assim, como todos os ovos precisavam ser consumidos rapidamente, terminavam virando presentes e decorados para a ocasião. Cada cultura tem uma tradição, como a grega, por exemplo, onde os ovos costumam ser pintados de vermelho em alusão ao sangue de Cristo.


Na Áustria, os ovos costumam ser pintados de verde durante a quinta-feira Santa. Na Armênia, os ovos são decorados com imagens de Jesus ou da Virgem Maria. No século XVIII, a indústria de chocolate teve a brilhante ideia de reproduzir os ovos originais. Pouco a pouco, os novos ovos de chocolate viraram símbolo da Páscoa. Não sem razão, pois, o nome científico do cacau, principal ingrediente do chocolate, em latim é Theobroma, ou alimento de Deus. E daí, para o surgimento de ovos não comestíveis, ricamente decorados e colecionados pela realeza, ou por famílias abastadas, foi apenas um salto. Surgiram os ovos Fabergé, criados por Kart Gustavovich Fabergé. Mais de 50 unidades foram confeccionadas para a corte russa no princípio do século XX. Muitos exemplares originais ainda são conservados, um deles, feito em cristal de rocha e decorado com mais de 3 mil diamantes, se encontra à venda por US$ 5 milhões.

Não seria nada mal um ovinho deste Fabergé, né?

Vou colocar uma receita de como preparar um ovo de Páscoa tradicional no conforto da sua casa. Espero que gostem:

OVO DE PÁSCOA


INGREDIENTES:

– 500 g de chocolate ao leite em barra

– Uma forma de plástico ou silicone para moldar o chocolate (esse tipo de material pode ser encontrado em lojas de artigos para festas ou de artesanato)

MODO DE PREPARO:

Passo 1

Para começar, é preciso temperar o chocolate, ou seja, derretê-lo de um modo que ele possa ser moldado nas formas sem amolecer depois que sair da geladeira. Com a ajuda de uma faca, quebre a barra de em pedaços pequenos, para facilitar o derretimento. Separe os pedaços em três partes iguais.

Passo 2


Coloque 2/3 do chocolate em uma vasilha e derreta no micro-ondas em potência alta. Você também pode realizar esse procedimento no fogão, em banho-maria. Mas fique atento para não esquentar muito o doce. O objetivo é derreter, não cozinhar.

Passo 3

Para finalizar, retire o chocolate derretido do micro-ondas ou do banho-maria, acrescente aquele um terço que não foi derretido e misture. Esse é o processo chamado de temperagem. Outra tática usada para mantê-lo firme é utilizar o último terço de chocolate amargo, pois ele derrete com menos facilidade do que o ao leite.

Passo 4

Hora de esfriar o chocolate. Você pode usar uma espátula para mexê-lo até ficar um pouco mais grosso.

Passo 5

Despeje o doce já frio no molde de plástico ou silicone, espalhe de forma uniforme até cobri-lo por inteiro e limpe as bordas com a espátula.

Passo 6


Despeje o chocolate temperado sobre o molde

Leve o molde para a geladeira por 2 minutos, retire, coloque outra camada de chocolate e volte para a geladeira. Você vai repetir esse procedimento até que o ovo fique com a espessura que desejar. O ideal é fazer isso três vezes.

Passo 7

Deixe o ovo esfriar na geladeira de 20 a 30 minutos, mas cuidado para não esfriar demais.

Passo 8

Desinforme as metades do ovo de Páscoa e retire o excesso de chocolate das bordas do molde com a ajuda de uma faca.

Passo 9

Use uma luva ou pano para fazer o acabamento e tirar qualquer imperfeição do ovo, se necessário.

Passo 10

Seu ovo de Páscoa está pronto e você pode recheá-lo com o que mais gosta, desde bombons até pastas cremosas para comer com colher, como brigadeiro, doce de leite, prestígio e marshmallow! Hummm ...

Passo 11


Embrulhe seu ovo com papel celofane e uma fita bem bonita. E pronto. Seu primeiro ovo de Páscoa!

Vanessa Ierizzo

Chef e amante do mundo

#TRENDY4U #TRENDY #VANESSAIERIZZO

7 visualizações